Toda empresa bem sucedida faz mudanças, diversifica e se posiciona para tomar decisões e manter o seu negócio em alta no mercado.

Para que isto ocorra, é necessário iniciar ações para reforçar o seu desempenho, o que exige a tomada de decisões para se iniciar o desenvolvimento de estratégias de crescimento para os negócios serem mais promissores e saudáveis.

Principalmente, deve-se descobrir maneiras de conquistar a sinergia entre as unidades de negócio e transformá-la em vantagens competitivas. Quanto maior a correlação entre os negócios de uma empresa diversificada, maiores são as oportunidades de transferência de habilidades e compartilhamento de negócios.

Para uma estratégia bem estruturada, pode-se concluir que o seu nível de negócio passa a ser coordenado através de compromissos e ações, cujo objetivo é fornecer e agregar valor para o seu cliente.

Para um bom funcionamento da empresa, faz-se necessário desenvolver ações pelas diversas áreas funcionais da empresa, tais como produção, marketing, finanças, materiais e gestão de pessoas. Cada uma dessas áreas, encarrega-se de programar e desenvolver as ações necessárias para atingir as metas de médio e curto prazos, colaborando assim com o alcance dos objetivos da empresa.

Podemos verificar que nas grandes empresas, as decisões sobre as abordagens a serem tomadas e quais as novas mudanças que devem ser iniciadas, envolvem tanto os executivos que atuam no nível corporativo como os dirigentes de unidades de negócio e os seus gerentes.

Fonte: Planejamento Estratégico, Arnaldo Rosa De Andrade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *