Você sabe como está a atual situação da sua empresa? O primeiro passo é entender qual é a real situação, perceber suas dívidas e estabelecer perspectivas futuras, só assim você conseguirá determinar uma estratégia.

Como você chegou nesta situação? Se você descobrir o que está errado, o próximo passo é explorar o motivo. Algumas pessoas se desesperam porque  estão desgastadas com seus problemas financeiros, por isso, se imaginam em um beco sem saída. Mas lembre-se, para tudo existe uma solução. Portanto, elimine o excesso e poupe mais dinheiro. 

Você domina as finanças? Números, instinto e autoconfiança, são as exigências de um empreendedor. Depois de conhecer os números, é preciso interpretá-los através de uma metodologia bem estruturada. No mundo dos negócios, a vasta maioria das decisões é tomada como deve ser, com base em instinto, discernimento e números aproximados.

Depois de descobrir as suas dívidas, é hora de negociar! Tudo se resolve através de uma boa conversa, nela é possível estender o prazo de pagamento ou negociar os valores. Acima de tudo,após essa conversa inicial, não se esqueça de que você está vendendo seu produto à uma pessoa, não a uma companhia. Sempre faça o cliente dizer qual o verdadeiro motivo pelo qual quer comprar o produto ou serviço que você está oferecendo, que raramente é o verdadeiro.  

 Existe algo que pode ser cortado? Ao observar todos os custos fixos da sua empresa, a solução é renegociar os contratos ou realizar a troca por fornecedores com maior custo benefício. Essa troca, pode modernizar o seu negócio, mas tenha cuidado para não cortar investimentos que tragam resultados, pois eles são aspectos benéficos que influenciará durante certo período.

Você sabe o que é o fluxo de caixa? É importante focar todos os dias no fluxo de caixa, pois é uma forma de acompanhar como está a saúde financeira da sua empresa. O fluxo de caixa é uma tabela com a somatória dos seus ganhos e custos em determinado período. Ao utilizá-lo, você registra o que tem para pagar e antecipa os períodos de maiores dificuldades.

Você possui parcerias estratégicas? O ditado que diz “a união faz a força”, não é à toa. Diante disso, forme alianças e negocie com empresas que concedam serviços complementares ao seus. Isso gera mais vendas, você sai do vermelho cortando os gastos e gera mais acordos e parcerias. Além de mostrar que é fundamentalmente competente, leal e empático.

Você procura novas metas para o faturamento? A partir do histórico dos gastos e do que foi cortado, a empresa pode voltar a uma gestão mais redefinida de seus recursos, mas para que isso aconteça, é primordial um bom planejamento financeiro para obter e alocar recursos. Controle financeiro, administração de ativos, análise econômica e análise financeira são segmentos para a tomada de decisão.

Contudo, se você tiver dificuldades para gerenciar as finanças em um período negativo, não hesite em buscar ajuda profissional. Por isso, a gestão dos fluxos financeiros é tão relevante quanto a capacidade de produção e de vendas da empresa. Sendo assim, você melhora seu controle financeiro para ter maior segurança no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *