A movimentação financeira, sucede-se do recebimento do dinheiro e a execução de pagamentos da empresa, só assim ela será obtida, mas todas estas movimentações devem ser registradas e demonstradas.

Dentro de uma empresa, o DRE (Demonstração dos Resultados do Exercício) está associado nas entradas, nas saídas e nos resultados, para poder avaliar a sua tomada de decisão. Os demonstrativos podem ser gerados por competência ou por regime de caixa.

O DRE é uma maneira resumida de apresentar os resultados operacionais da empresa dentro de um determinado período, com frequência mensal ou anual, partindo do seu faturamento. Pode-se analisar as despesas administrativas, como aluguel, água, energia elétrica, telefonia, entre outros. Já as despesas com o pessoal, inclui os encargos sociais e trabalhistas.

A partir das demonstrações, verificamos elementos que nos permitem calcular índices que se resumem na liquidez, atividade e endividamento, medindo principalmente o risco, enquanto a rentabilidade, mede o retorno do empreendimento.

Esses índices precisam ser calculados e atualizados para que se possa tomar decisões para a manutenção ou aumento dos resultados, inclusive, ajudar a identificar fatores que levaram a um desempenho insatisfatório.

Por isso, o gestor financeiro precisa estar atento a todas as mudanças, para que os resultados e objetivos da empresa sejam alcançados. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *